Fofocas

A festa de Sarah será domingo 02 .. ficará linda .. obrigada a todos que me apoiou e me doou para que eu pudesse organizar esta linda festa .. posto fotos depois ...

SOCIAL DE HJ MODA COM ROBERTO MAIA 08/03

Hi! My Fashion Human Em pleno século XXl, ainda vemos, ouvimos, as vezes falamos, debatemos, sobre um fato real que faz parte de nossa vida, nossos dias, nossa história; A MODA. E nesse mundo de tantas misturas, gostos e diferenças, encontramos quem Ame, quem não Se Encontra e quem não Faz Questão. Hoje vamos falar um pouco desta fatia de pessoas que dizem não fazer questão de levar para suas vidas, ou mesmo aceitar que a Moda está presente na vida delas. São as pessoas que denominei os que não “Faz Questão”. Amo de paixão uma cena do filme do – Diabo Veste Prada, em que Miranda ilustra muito bem que a Moda esta sim presente na vida de todos, mesmo o que se acham exime deste mundo. Para quem não assistiu ainda o filme, ou não lembra desta parte da trama, leia abaixo a passagem: Após Andrea (Anne Hathaway), sussurrar um sorriso irônico pelo fato de não entender a diferença de dois cintos diferentes, Miranda (Meryl Streep) responde a que ela não está fora do mundo fashion.


Miranda: Qual é a graça? Andy: Não, nada. É que para mim esses dois cintos são iguais. Bom, eu ainda estou aprendendo sobre essa coisa... Miranda: E-s-s-a coisa??? Miranda: Ahh certo, entendo. Você acha que nada aqui tem a ver com você. Você vai até o seu armário e escolhe, digamos, esse suéter horroroso, por exemplo, porque está tentando dizer ao mundo que se leva muito a sério para se importar com o que você vai vestir, mas o que você não sabe é que a cor desse suéter não é um simples azul, não é turquesa, não é lápis azule, ele é AZUL CELESTE. E você ignora o fato de que em 2002 Oscar de la Renta fez uma coleção de vestidos azuis celestes, acho que foi Yves Saint Laurent que fez jaquetas militares azuis celestes. E então o celeste apareceu depois em coleções de 80 outros estilistas, e então, passou para as lojas de departamento e depois foi parar em lojas populares, onde você sem dúvida comprou esse suéter numa liquidação. No entanto azul representa milhões de dólares em incontáveis trabalhos e é meio cômico como você acha que fez uma escolha que a exime da indústria da moda quando na verdade está usando um suéter escolhido para você pelas pessoas dessa sala em meio a um monte de coisas. É isto pessoal, as vezes ouço muitas pessoas dizendo se exime do mundo desse “ Negocio chamado MODA, os que não “ Faz Questão” e logo me vem essa cena na cabeça. Pois então todos fazemos parte, todos de alguma forma fazemos acontecer, para que a indústria fashion, seja este fantástico mercado de bilhões, e com ele sonhos, criatividade, novidades. Meus Fashion Human, espero que vocês tenham gostado desse primeiro post, e até a próxima, se gostou compartilhe e se não, compartilhe também. Beijos e até... Aqui é o seu Blog Abre o Leque Regininha.

Compartilhe com o mundo!

2 comentários

  1. Perfeito Robertto maia,espero q agora entendem sobre o porque de um fashion designer grudar em sua prancheta pra superar sempre em novas criações,pois quem mantém a moda são os exclusivos,depois q ganham o street wear.bjsssss fashion pra toda equipe!!!!

    ResponderExcluir
  2. Perfeito Robertto maia,espero q agora entendem sobre o porque de um fashion designer grudar em sua prancheta pra superar sempre em novas criações,pois quem mantém a moda são os exclusivos,depois q ganham o street wear.bjsssss fashion pra toda equipe!!!!

    ResponderExcluir